Escapadas na natureza

Devido à inquestionável vantagem do clima ameno, as ilhas maltesas convidam à realização de atividades ao ar livre. 

Se se afastar um pouco da azáfama do centro das vilas, as ilhas maltesas têm à sua disposição vários locais onde impera a natureza, que podem ser explorados e admirados, permanecendo alguns deles sem qualquer sinal dos tempos modernos. Grande parte das zonas rurais são caracterizadas  estruturas independentes mais antigas do mundopor isso um simples passeio pode tornar-se em algo bastante interessante. 

As primeiras chuvas após um longo verão quente trazem vida às paisagens com uma impressionante variedade de flores e plantas silvestresEntre meados de novembro e meados de maio, as ilhas apresentam uma paisagem deslumbrante e verdejante, com campos repletos de vegetais e margens cobertas de erva-doce, trevos, íris selvagem e murta.

Lunzjata Valley in Gozo

Para os adeptos dos passeios a pé, as ilhas oferecem algumas das vistas mais impressionantes em toda a região do Mediterrâneo. A primeira coisa a fazer é decidir o tipo de vista que mais lhe agrada - espetaculares falésias que mergulham nas ondas do mar, os matagais rochosos do garrigue ou impressionantes vales secretos. Ao longo do percurso irá deparar-se com misteriosos locais pré-históricoscapelas medievais e os palácios isolados dos cavaleiros.

Gozo é extremamente popular entre os habitantes locais e os turistas pela sua serenidade e calma beleza. Muitas vezes referida como “a terra por onde o tempo não passa”, a ilha irmã de Malta é uma região excelente para passeios pedestres. 

Um dos melhores percursos é ao longo das Falésias Dingli. Observar o por-do-sol sobre o mar a partir da zona mais alta de Malta, onde a terra desaparece a uns espetaculares 220 m de altura, é uma verdadeira maravilha da natureza. Estas falésias oferecem vistas impressionantes sobre a costa.

A ilha de  Comino foi outrora alegadamente um local de refúgio para piratas e contrabandistas e tem apenas 2,5 km por 1,5 km, o que a torna no local ideal para uma caminhada e perfeita para momentos de isolamento e contemplação. 

Para aqueles que procuram algo mais desafiante, as ilhas oferecem cenários capazes de seduzir os alpinistas mais ávidos.

Calce as suas botas, alugue uma bicicleta de montanha e circule pelas praças das várias aldeias e pelos estreitos caminhos agrícolas. Dará consigo envolvido por uma paisagem intemporal, completamente isolado da agitação da época alta. Há muito a descobrir, desde antigas casas rurais, capelas de beira da estrada a paisagens marítimas com um encanto inigualável. As ilhas não são grandes o suficiente para se perder e encontrará sempre um rosto amigável pronto a ajudar.