Skip to main content

Cozinha tradicional maltesa

A gastronomia maltesa tem um caráter rústico e é repleta de sabor e cor, típica de uma ilha do centro do Mediterrâneo. A nossa gastronomia é influenciada pela nossa proximidade em relação à Sicília e ao Norte de África, mas com um cunho muito próprio.

A gastronomia tradicional tem uma forte presença na nossa vida; um copo de um suave vinho local num bar da aldeia com uns amigos é sempre acompanhado por um prato de azeitonas, alguns ġbejniet (queijos de ovelha locais), zalzett (salsicha maltesa com coentros) com galletti (bolachas salgadas maltesas) e bigilla (pasta de favas) servidos com pão tipicamente maltês e azeite; ou, nos dias mais frios, uns pastizzi (pasteis de massa folhada recheados com ricota) quentes que são o acompanhamento perfeito para um copo de vinho ou café. Os dias de verão perto da praia Maltese Pastizzipedem um ħobs biż-żejt, um petisco popular que consiste numa fatia de pão maltês crocante barrado com molho de tomate e coberto com hortelã, um pouco de cebola, queijo de ovelha e anchovas, tudo isso regado com um delicioso azeite; um sabor de verão, um sabor de Malta.

As noites de inverno são acompanhadas por tigelas de uma minestra dourada, uma sopa de vegetais bastante espessa servida com pão maltês e azeite. Um dos marcos da nossa gastronomia é o peixe fresco, apanhado no mar Mediterrâneo, cozinhado de forma simples, principalmente a aljotta, uma deliciosa sopa de peixe com um leve toque de alho.

Durante as festas de verão locais as ruas enchem-se de iguarias doces como os imqaret (pasteis de tâmaras) e Qubbajt (torrão) que são saboreadas enquanto se desfruta do fogo de artifício ou das procissões. Para celebrações especiais em família, o caso torna-se mais sério, e as mesas enchem-se de Ross fil-forn, (arroz de forno), Imqarrun (massa no forno) ou Timpana (um saboroso prato de massa envolto numa massa de tarte cozido no forno) normalmente seguidos de pratos de carne ou coelho servidos com batatas e vegetais malteses.

As sobremesas dependem da ocasião; Páscoa Figolli (bolachas moldada em várias formas recheada com amêndoas), Natal qagħaq tal-għasel (anéis de mel), ou simplesmente uma Cassata, (bolo recheado com ricota e maçapão), Kannoli (massa frita recheada com ricota) ou qualquer uma das muitas sobremesas tradicionais, e bolachas doces que são muito populares para acompanhar uma chávena de café forte.

- Matty Cremona, Gastrónomo da cozinha maltesa