Passeios

As primeiras chuvas após um longo verão quente trazem vida às paisagens com uma impressionante variedade de flores e plantas silvestres.

De meados de novembro a meados de maio, as ilhas apresentam, uma paisagem deslumbrante e verdejante. Os campos enchem-se de vegetais e as margens cobrem-se de erva-doce, trevos, íris selvagens, murta e muito mais. No final da primavera, é possível apreciar mais de mil espécies de plantas em flor.

Longe dos resorts e centros urbanos de Malta central, existe uma quantidade surpreendente de paisagens rurais, algumas delas sem qualquer sinal dos tempos modernos. Poderá surpreendê-lo o facto de apenas um quinto da área das ilhas maltesas ser ocupado por zonas urbanas. Os agricultores recorrem frequentemente aos métodos de trabalho intensivo do passado. A vida das aldeias é ainda muito centrada nas épocas agrícolas e de pesca.

Hoje em dia, tal como no passado, continuará a ver homens e mulheres idosos, por vezes acompanhados pela família, a trabalhar no campo. No norte de Malta, onde o solo é árido, bem como em várias partes de Gozo, ira deparar-se com pequenos rebanhos de cabras e ovelhas de pelo desgrenhado a pastar na berma da estrada.

Para os adeptos dos passeios a pé, as ilhas oferecem algumas das vistas mais impressionantes em toda a região do Mediterrâneo. A primeira coisa a fazer é decidir o tipo de vista que mais lhe agrada - espetaculares falésias que mergulham nas ondas do mar, os matagais rochosos do garrigue ou impressionantes vales secretos. Ao longo do percurso irá deparar-se com misteriosos locais pré-históricos, capelas medievais e os palácios isolados dos cavaleiros

Em Malta, os melhores locais para caminhadas de um dia são Mellieħa, Dingli, Għar Lapsi, Fawwara, Wardija, toda a região norte e as várias baías e a costa sul com as suas aldeias piscatórias e o forte Delimara.

Em Gozo, todas as zonas são excelentes para um passeio pedestre. Ta' Dbieġi, perto de San Lawrenz, o Farol Ġordan Lighthouse próximo de Għasri, Ħondoq ir-Rummien perto de Qala e o Vale San Blas perto de Nadur são todas zonas ótimas para um passeio pedestre. Toda a ilha é atravessada por trilhos e vias. As possibilidades são intermináveis.

Não perca a oportunidade de ir a Comino que é ideal para uma caminhada e para momentos de isolamento e contemplação.

Calce as suas botas, alugue uma bicicleta de montanha e circule pelas praças das várias aldeias e pelos estreitos caminhos agrícolas. Dará consigo envolvido por uma paisagem intemporal, completamente isolado da agitação da época alta. Há muito a descobrir, desde antigas casas rurais, capelas de beira da estrada a paisagens marítimas com um encanto inigualável. Vale a pena o esforço!


Dingli-Fawwara-Wied-iz-Zurrieq Walk


This Brochure details a walk around Mdina pointing out important sights


This Brochure details a walk around Bahrija pointing out important sights

 


This Brochure details a walk in the outskirts of Mellieha pointing out a number of Fortress that used to protect the Maltese islands from Pirates


This Brochure details a walk in the outskirts of Zurrieq and Mqabba pointing out important sights


This Brochure details a walk in the outskirts of Marsaxlokk and Zejtun pointing out important different fortifications and religious buildings.


This Brochure details a walk around tal-Maqluba Area in Qrendi.


Girgenti Walk



Windmills Walk